Quadro "O Pesadelo" de Henry Fuseli (1741-1825)

* A Peste Onírica é um delírio subversivo. Postamos aqui nossas réles "produçõezinhas"; nossos momentâneos surtos de divagações em nome do Real do Simbólico e do Imaginário. Estão aqui nossos ensaios para que possamos alçar outros vôos num futuro próximo. Aproveitem os links, os materiais, as imagens, as viagens. Sorvam nossas angústias, nossas dores e masquem nossa pulsão como se fosse um chiclete borrachento com sabor de nada. Pirateiem, copiem, contribuam e comentem para que possamos alimentar nosso narcisismo projetivo. E sorvam de nossa libido, se assim desejarem.


quarta-feira, 5 de março de 2014

Sentido e Graça na Vida:

 

vida

“No momento em que nos perguntamos sobre o valor e o sentido da vida, estamos doentes, pois objetivamente tais coisas não existem”.

[carta de Freud pra Marie Bonaparte, 13/08/1937]

"Diz a lenda que perguntaram pro Sigmund como o ser humano ficava neurótico e ele falou que é quando pensamos no sentido & valor da vida, pois não teria nem sentido nem valor na vida - a não ser o valor e o sentido que podemos dar a ela..."

 

 

“Sofri sempre mais com a consciência de estar sofrendo que com o sofrimento de que tinha consciência. A vida das minhas emoções mudou-se, de origem, para as salas do pensamento, e ali vivi sempre mais amplamente o conhecimento emotivo da vida. E como o pensamento, quando alberga a emoção, se torna mais exigente que ela, o regime da consciência, em que passei a viver o que sentia, tornava-me mais quotidiana, mais epidérmica, mais titilante a maneira como sentia.”

(Fernando Pessoa – Livro do Desassossego)

Um comentário:

Skyline Spirit disse...

pretty nice blog, following :)

Postar um comentário

AddThis